Quem aparece no bilhete de 100 dólares?

O bilhete de 100 dólares é uma das notas de maior valor em circulação nos Estados Unidos. Ele é conhecido por muitos como “cem” ou “nota de Benjamin”, em referência a Benjamin Franklin, um dos fundadores dos Estados Unidos e uma figura histórica de grande importância. No entanto, Benjamin Franklin não é a única pessoa que aparece no bilhete de 100 dólares. Neste artigo, vamos explorar em detalhes quem são as figuras representadas nessa nota e a história por trás delas.

A figura principal: Benjamin Franklin

Benjamin Franklin é a figura principal que aparece no bilhete de 100 dólares. Ele foi um dos pais fundadores dos Estados Unidos, desempenhando um papel crucial na elaboração da Constituição Americana e na Declaração de Independência. Franklin era um polímata, ou seja, uma pessoa que possuía conhecimento em diversas áreas do saber, como ciência, política, filosofia e escrita.

Além de suas contribuições para a formação do país, Franklin também foi um inventor prolífico. Ele é conhecido por inventar o para-raios, bem como por suas pesquisas sobre eletricidade. Franklin também foi um autor renomado, com obras como “O Autobiografia de Benjamin Franklin” e “Poor Richard’s Almanack”. Seus escritos e ideias filosóficas tiveram um grande impacto no pensamento americano e continuam sendo estudados e apreciados até hoje.

Detalhes sobre a representação de Benjamin Franklin

Na nota de 100 dólares, a imagem de Benjamin Franklin é mostrada de perfil, ou seja, seu rosto é visto de lado. Franklin usa um terno escuro e uma gravata. Seu cabelo está amarrado em um rabo de cavalo e ele está usando óculos. A imagem de Franklin foi baseada em uma pintura do artista Joseph Duplessis, que retratou Franklin quando ele estava na França como embaixador dos Estados Unidos.

Além da imagem de Franklin, a nota de 100 dólares também possui várias características de segurança, como uma fita de segurança 3D, uma marca d’água e microimpressões. Essas medidas visam dificultar a falsificação da nota e garantir sua autenticidade.

Outras representações no bilhete de 100 dólares

Além de Benjamin Franklin, o bilhete de 100 dólares também apresenta outras representações significativas. Uma delas é a Iluminação, que é retratada por uma imagem de uma pena e um tinteiro. Essa imagem simboliza a liberdade de expressão e o papel da imprensa na democracia.

Outra representação importante é a Independência, que é simbolizada pela imagem do Sino da Liberdade. O Sino da Liberdade foi um dos símbolos mais importantes da luta pela independência dos Estados Unidos. A frase “We the People”, que faz parte da introdução da Constituição Americana, também é uma representação da independência e do poder do povo.

Além dessas representações, a nota de 100 dólares também possui elementos de design, como um padrão de moldura em forma de arabesco e uma imagem de uma águia e o Escudo dos Estados Unidos na parte de trás.

A importância do bilhete de 100 dólares

O bilhete de 100 dólares tem um valor alto e é amplamente utilizado em transações comerciais e financeiras nos Estados Unidos e em alguns outros países que adotam o dólar como moeda oficial. Sua circulação é um reflexo da importância econômica dos Estados Unidos e da confiança na sua estabilidade financeira.

Além disso, o bilhete de 100 dólares tem um significado simbólico. Ele é frequentemente associado à riqueza e ao poder, e sua presença na cultura popular é evidente em filmes, músicas e outras formas de mídia. O “cem” é frequentemente mencionado como um símbolo de sucesso financeiro e muitas vezes é usado como uma medida de riqueza.

A evolução do bilhete de 100 dólares

Ao longo dos anos, o design do bilhete de 100 dólares passou por várias mudanças. Em 1996, uma nova série de notas foi introduzida, conhecida como “Série 1996”. Essas notas apresentavam recursos de segurança aprimorados e um design mais moderno. Desde então, várias outras séries foram lançadas, com atualizações adicionais nos recursos de segurança.

Em 2013, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou planos para uma nova versão do bilhete de 100 dólares, conhecida como “Série 2009A”. Essa versão apresenta um design atualizado e recursos de segurança adicionais, como uma faixa de segurança azul 3D.

Conclusão

O bilhete de 100 dólares apresenta a imagem de Benjamin Franklin, um dos pais fundadores dos Estados Unidos e uma figura histórica de grande importância. Além de Franklin, a nota também possui outras representações simbólicas, como a Iluminação e a Independência. O bilhete de 100 dólares é amplamente utilizado e tem um valor alto, refletindo a importância econômica dos Estados Unidos. Ao longo dos anos, o design do bilhete passou por várias mudanças para melhorar os recursos de segurança e atualizá-lo. No entanto, a presença de Benjamin Franklin na nota permanece constante, como uma lembrança do legado e das contribuições desse grande homem para a história americana.

Deixe um comentário