David Gardner: Escolhas de Ações em 2017

David Gardner é um renomado investidor e co-fundador da The Motley Fool, um serviço de consultoria de investimentos conhecido por suas escolhas de ações bem-sucedidas. Neste artigo, exploraremos as escolhas de ações feitas por David Gardner em 2017 e analisaremos seus insights e estratégias de investimento.

1. Introdução a David Gardner

David Gardner é um investidor experiente e bem-sucedido, conhecido por sua abordagem de investimento em ações de crescimento a longo prazo. Ele co-fundou a The Motley Fool em 1993, uma empresa de consultoria de investimentos que se tornou uma referência no mercado financeiro. Gardner é conhecido por sua filosofia de investimento de “Buy and Hold” e por suas escolhas de ações bem-sucedidas.

2. A Abordagem de Investimento de David Gardner

A abordagem de investimento de David Gardner é baseada em identificar ações de empresas com potencial de crescimento a longo prazo. Ele acredita que a chave para o sucesso nos investimentos é encontrar empresas inovadoras e com vantagens competitivas duradouras. Gardner também enfatiza a importância de investir em empresas com liderança sólida e uma cultura corporativa saudável.

2.1 Compra e Manutenção

Uma das estratégias mais conhecidas de David Gardner é a estratégia “Buy and Hold”, que envolve a compra de ações de empresas de alta qualidade e mantê-las a longo prazo. Essa estratégia é baseada na crença de que o mercado de ações é eficiente a longo prazo e que empresas sólidas tendem a superar o mercado ao longo do tempo.

2.2 Investimento em Empresas Inovadoras

Gardner tem uma predileção por empresas inovadoras, que estão liderando o caminho em seus setores e têm potencial para criar mudanças significativas no mercado. Ele busca identificar empresas com produtos ou serviços disruptivos, que possuem uma vantagem competitiva significativa em relação aos concorrentes.

2.3 Análise Fundamentalista

David Gardner acredita na importância da análise fundamentalista ao escolher ações. Ele analisa os fundamentos das empresas, como receitas, lucros, fluxo de caixa e dívida, para determinar seu valor intrínseco. Gardner também leva em consideração fatores qualitativos, como a qualidade da gestão e a cultura corporativa da empresa.

3. Escolhas de Ações de David Gardner em 2017

No ano de 2017, David Gardner fez várias escolhas de ações que tiveram um desempenho impressionante. Vamos analisar algumas dessas escolhas e entender os motivos por trás delas.

3.1 Amazon (AMZN)

A Amazon foi uma das principais escolhas de David Gardner em 2017. Ele viu o potencial de crescimento da empresa como líder no setor de comércio eletrônico e serviços em nuvem. Gardner também valorizou a capacidade da Amazon de inovar e expandir para novos mercados, como o setor de entretenimento digital.

Principais destaques sobre a Amazon:

  • Líder no mercado de comércio eletrônico
  • Serviços em nuvem em rápido crescimento com o Amazon Web Services (AWS)
  • Expansão para o setor de entretenimento digital com a Amazon Prime Video

3.2 Tesla (TSLA)

A Tesla, fabricante de veículos elétricos, também foi uma escolha proeminente de David Gardner em 2017. Ele acreditava no potencial disruptivo da Tesla para transformar a indústria automobilística e impulsionar a adoção em larga escala de veículos elétricos. Gardner também valorizou a liderança visionária de Elon Musk na empresa.

Principais destaques sobre a Tesla:

  • Fabricante líder de veículos elétricos
  • Inovação em tecnologia de baterias e autonomia de veículos elétricos
  • Visão para transformar a indústria automobilística

3.3 MercadoLibre (MELI)

MercadoLibre, uma empresa de comércio eletrônico e pagamentos online na América Latina, foi outra escolha de destaque de David Gardner em 2017. Ele viu o potencial de crescimento do comércio eletrônico na região e a liderança da MercadoLibre nesse mercado em rápido crescimento.

Principais destaques sobre a MercadoLibre:

  • Líder do mercado de comércio eletrônico na América Latina
  • Serviços de pagamentos online em expansão
  • Expansão para novos mercados além do comércio eletrônico

4. Perguntas Frequentes (FAQ)

FAQ 1: Qual foi o desempenho das escolhas de ações de David Gardner em 2017?

As escolhas de ações de David Gardner em 2017 tiveram um desempenho impressionante. Por exemplo, a Amazon teve um aumento de mais de 50% em seu valor de mercado, enquanto a Tesla teve um crescimento de aproximadamente 45%. A MercadoLibre também teve um desempenho sólido, com um aumento de mais de 60% em seu valor de mercado. Esses resultados demonstram a habilidade de Gardner em identificar empresas com alto potencial de crescimento.

FAQ 2: Quais são os critérios de seleção de ações de David Gardner?

David Gardner usa uma abordagem de investimento fundamentada na análise fundamentalista. Ele busca empresas inovadoras, com vantagens competitivas duradouras e liderança sólida. Gardner analisa os fundamentos financeiros das empresas, como receitas, lucros e fluxo de caixa, além de considerar fatores qualitativos, como qualidade da gestão e cultura corporativa.

FAQ 3: Quais são as características comuns das escolhas de ações de David Gardner?

As escolhas de ações de David Gardner geralmente envolvem empresas inovadoras e disruptivas, com potencial de crescimento a longo prazo. Ele procura empresas que estejam liderando o caminho em seus setores, com produtos ou serviços que possuam vantagens competitivas significativas. Gardner também valoriza a liderança sólida e a cultura corporativa saudável das empresas.

FAQ 4: David Gardner ainda é um investidor ativo?

Sim, David Gardner continua sendo um investidor ativo e faz escolhas de ações regularmente. Ele continua a liderar a equipe de analistas da The Motley Fool e compartilha suas escolhas de ações e ideias de investimento com seus seguidores por meio de seus serviços de consultoria e publicações.

FAQ 5: Quais são as lições que podemos aprender com as escolhas de ações de David Gardner em 2017?

As escolhas de ações de David Gardner em 2017 destacam a importância de investir em empresas inovadoras e com potencial de crescimento a longo prazo. Gardner demonstrou que a paciência e a confiança em suas escolhas são fundamentais para obter retornos significativos no mercado de ações. Além disso, a abordagem de “Buy and Hold” de Gardner enfatiza a importância de manter ações de empresas sólidas a longo prazo, em vez de tentar cronometrar o mercado.

Conclusão

As escolhas de ações de David Gardner em 2017 demonstraram sua habilidade em identificar empresas inovadoras com potencial de crescimento a longo prazo. Sua abordagem de investimento baseada em análise fundamentalista e sua estratégia de “Buy and Hold” têm sido bem-sucedidas ao longo dos anos. As escolhas de ações de Gardner são uma fonte valiosa de insights para investidores que desejam buscar empresas com vantagens competitivas duradouras e potencial de crescimento a longo prazo.

Deixe um comentário